top of page
Buscar
  • Foto do escritorValência Turismo

Where To Go When: conheça o guia que indica quando conhecer os melhores destinos

Viajar é sempre muito bom. No entanto, antes de procurar um destino, o ideal é pesquisar não só os pontos imperdíveis, mas também questões que podem influenciar sua viagem, tais como clima, possíveis grandes eventos como festivais de música, arte, cinema etc (que podem ser de seu interesse ou não), temporada (se está em alta, com longas filas para todos os lados, ou baixa, quando é possível vivenciar melhor a vida local) e até determinados fenômenos naturais inebriantes que acontecem em certas estações, a exemplo da Aurora Boreal, no hemisfério Norte.

Pensando exatamente nessas questões, a fim de otimizar ainda mais a vida do turista, a Lonely Planet, maior editora de guias de viagem do mundo, criou o Where To Go When (disponível somente na versão digital em Inglês a R$ 56,99 na Amazon), um guia completo e detalhadíssimo que indica os melhores destinos para visitá-los em sua melhor época do ano, avaliados a partir do clima, do custo-benefício, da agenda cultural e dos fenômenos naturais.

©Reprodução


Cada capítulo corresponde a um mês do ano, e, para cada mês, são indicados 30 destinos, do Canadá à Nova Zelândia, com sugestões de roteiros desde férias em praias tropicais e cidades culturalmente ricas a viagens de aventura e safáris. Para cada destino é explicado por que visitá-lo naquela época é a melhor opção contando ainda com imagens, diagramas, fluxogramas e infográficos – ou seja, livro obrigatório para os amantes do turismo.

Separamos os destinos em destaque de cada mês, confira:

Janeiro

Uganda, Florida, Lanzarote (Ilhas Canárias), Suíça, Sydney, Eslovênia, Kerala (Índia), Granada, Honshu (Japão), Guatemala, Península Antártica, Myanmar, Viena, Serengeti (Tanzânia, na África, quando os gnus, animal típico do continente também conhecido como “boi-cavalo”, estão pastando ao longo das savanas), Tasmânia (Austrália, para praias vazias e trilhas naturais em plena floração) e Hay (Colômbia, quando acontece o festival literário local).

Os gnus da Tanzânia ©Reprodução


Fevereiro

Rio de Janeiro (carnaval!), Ibiza, Gâmbia (África), Michoacán (México), Oceano Índico, Camboja, Singapura, Haiti, Veneza, Honduras e Mendoza. Aos que procuram um bom inverno com direito a esqui, caminhadas e luzes naturais indica-se Quebec, Islândia, Lapônia (Finlândia) e Andorra.

A aurora boreal da Islândia ©Reprodução


Março 

Foz do Iguaçu, Sicília, Chipre, África do Sul, Tirol (Áustria), Maldivas, Chile, Costa Rica, Banff (Canadá), Savannah (EUA), Sri Lanka, Malásia, Trinidad e Tobago, Baixa Califórnia (no México, onde é possível observar a migração das baleias-cinzentas), Madhya Pradesh (na Índia, para ver de perto os tigres-bengala), Sichuan (na China, para encontrar os ursos pandas) e Austin (EUA, quando acontece o South by Southwest, conjunto de festivais de música, cinema e tecnologia).

Tigre-bengala branco ©Reprodução


Abril 

Panamá, Filipinas, Hawke’s Bay (Nova Zelândia), os Alpes europeus, Lake District (Reino Unido), Belize, Melbourne, Bruxelas, Nepal, Santa Lucía de Tirajana e Andaluzia (Espanha), Japão (época das típicas sakuras), Jordânia, Califórnia e Tailândia (quando o país comemora a chegada do novo ano).

Montanhas no Nepal ©Reprodução


Maio

Ilhas de Bermudas, Samoa, Marrocos, Peru, Cornualha, Ilha do Norte (Nova Zelândia), Vale do Loire (França), Israel, Praga, Cuba, Namíbia, Costa Amalfitana, Galícia (com praias desertas), Montenegro, Vale do Ihlara (Capadócia), Noruega (para velejar ao longo da costa oeste) e Queensland (Austrália).

Costa Amalfitana ©Reprodução


Junho 

Groenlândia, Jamaica, Irã, Sardenha, Cape Cod, Lisboa, Parque Nacional de Yosemite, Bora Bora, Montanhas Rochosas Canadenses, Parque Nacional de South Luangwana (Zâmbia), Montana, Nigaloo Reef (Austrália), Bornéu (para observar as tartarugas), Orkney (quando acontece o solstício de verão) e Verona (para o Opera Festival).

Groelândia ©Reprodução


Julho

Pantanal (período de seca, quando é possível ver a ampla variedade dos animais da região), Mongólia, Báltico, Alasca, Japão, Zanzibar, Himalaia, Açores, Antígua, Floresta Negra (Alemanha), Dolomitas (cadeia montanhosa na Itália), Hunter Valley (na Austrália, para apreciar um bom vinho), o caminho do Atlântico na Irlanda e as Ilhas Jônicas, na Grécia.

Zanzibar ©Reprodução


Agosto

Islândia, Zâmbia, Malawi, Sofia (Bulgária), Ko Samui (Tailândia), Berlim, Nova Escócia (Canadá), Suécia, Equador, Champagne (França), Turquia, Papua Nova Guiné, Úmbria (Itália), Monte Cook, Pembrokeshire (País de Gales), Kimberly (Austrália) e Buenos Aires (para descobrir o Festival de Arte local.

Monte Cook, Nova Zelândia ©Reprodução


Setembro 

Rota da Seda (Ásia Central), Costa Brava, Tibete, Geórgia, Coréia do Sul, Cotswolds, África do Sul, Provença, Arizona, Vermont (EUA), Córsega, Pequim, São Francisco, Nova Zelândia (melhor época para fazer rafting), Mont Blanc, Quênia, Vale do Mosela (Alemanha) e as ilhas indonésias Sumatra e Java.

Costa Brava, Espanha ©Reprodução


Outubro

Costa Verde brasileira (do litoral sul do Rio de Janeiro ao litoral norte de São Paulo), Fiji (Oceania), Seicheles, Eslováquia, Lyon, Bolívia, Novo México, Terras Altas (Escócia), Nova York, Butão, Darjeeling (Índia), Omã, Vietnã e Taiwan.

Seychelles ©Reprodução


Novembro

Nicarágua, Ilhas Cayman, as montanhas Simien na Etiópia, Costa Rica, Tóquio e Honshu, África do Sul, Oregon, Nepal, Dunedin (Nova Zelândia), Ruka (Finlândia), Hong Kong, Rajastão (Índia), Triângulo Dourado, Ruta May (Guatemala) e Abu Dhabi. Àqueles que procuram cenários ensolarados, Barbados, Porto Rico e Ilhas Virgens Britânicas.

Ilhas Cayman ©Reprodução


Dezembro

No mês de natal a Lonely Planet indica São Vicente e Granadinas, a costa Sapphire (Austrália), Ilhas Andaman, Laos, Senegal, San Sebastian, Micronésia e Tenerife. Para quem gosta de inverno, Ártico da Suécia, Jasper (Canadá), Breckenridge (EUA), Glacier Express (Suíça), Tallin (Estônia), Escócia, Nova Orleans, deserto do Saara e Patagônia.

Golfinhos em Tenerife ©Reprodução


9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page