Conheça 5 versões de pizza de diferentes países

<< voltar

Faz parte do consciente coletivo pensar que a pizza tem origem na Itália. Tal afirmação não é de um todo errada. No entanto, sua origem está um pouquinho mais pra “baixo” no mapa-múndi.

Há cerca de seis mil anos, egípcios e hebreus comiam o que era conhecido como “pão de Abrahão” ou “piscea”, uma fina camada de massa. Os fenícios, então, acrescentaram cobertura de carne e cebola em 300 antes de Cristo. Em seguida, os turcos se apropriaram da ideia, até que, no século 11, foi parar no porto de Nápoles, na Itália. Era um alimento da população mais pobre.

Pedaço de pizza recheada com molho de tomate e folhas

© Unsplash

Com o passar do tempo, foram aperfeiçoando os recheios na massa e, por volta do século 18, o molho de tomate (fruta vinda da América) e a muçarela pareceram ser o “match” perfeito, e é essa versão, aliás, a origem da pizza tradicional como a conhecemos hoje. Há quem diga, porém, que os norte-americanos catapultaram sua fama a nível mundial na Segunda Guerra.

De longe, até hoje é o alimento mais popular do mundo, tanto que muitos países fizeram sua própria versão da redonda – não à toa, nada mais natural que, independente do destino, ao menos uma refeição do dia seja a famigerada pizza.

-> O que você precisa saber sobre as novas regras de bagagem para voos nacionais e internacionais

Abaixo, separamos cinco versões de países diferentes para você provar na sua próxima viagem!

Itália

A tradicional pizza italiana é bem diferente do que estamos acostumados por aqui. É considerado um prato individual, e leva somente molho de tomate e queijo, normalmente muçarela. Entretanto, algumas regiões da Itália tem seu próprio jeito de fazer pizza. Na Sicília, por exemplo, é feita com massa mais grossa e aerada, assemelhando-se a uma torta. Já em Roma, há a chamada Pizza Bianca (branca), cuja massa possui apenas sal marinho e alguns temperos como cobertura – nada de molho nem queijo.

Pedaço de pizza parecida com uma torta, com bordas mais altas e cobertura de muçarela e tomate

© Unsplash

Espanha

Os espanhóis traduziram à sua maneira e deram origem à “Coca”, a pizza espanhola, mais encontrada na região da Catalunha. A massa é fina e crocante, mais dura e oleosa se comparada à nossa. Ao mesmo tempo, no quesito “recheios”, aproxima-se bastante da versão como a conhecemos, pois pode ser doce ou salgada, e ter diversos sabores, com ingredientes tais como ovo, peixes, carnes, vegetais, frutas e queijos.

Estados Unidos

Assim como os brasileiros, os norte-americanos são assíduos consumidores de pizza. A versão mais famosa é a de Chicago, feito com massa grossa, uma capa de muçarela, pepperoni e linguiça cobertos por molho de tomate. Ainda que essa seja a versão mais conhecida, existem outros sabores. A Pizza Una, que surgiu na pizzaria homônima, uma das mais queridas pelos nativos, virou um clássico. Sua massa é mais cremosa, por conta da manteiga acrescentada. E a borda, mais alta e grossa, tal qual de uma torta de frutas. Para assá-la, pasme, leva quase uma hora!

Pedaço de pizza de pepperoni

© Unsplash

Turquia

A versão turca da pizza, o chamado Lahmacun (que significa “carne e massa”, em tradução livre), é basicamente a mesma desde quando os turcos se apropriaram da ideia dos fenícios, antes de Cristo – claro, naturalmente foi aperfeiçoada com o tempo. Trata-se de um pão fino e crocante coberto com carne de boi ou cordeiro e vegetais, temperada com cebola, tomate, limão, salsinha, alface e pasta de pimenta. Há ainda variações, com opções inclusive vegetarianas e veganas. Também é possível comer o Lahcuman na Armênia.

Líbano

O país no Oriente Médio também tem uma pizza para chamar de sua: o manakish. A massa é fina, coberta com óleo, temperos fortes como tomilho, queijo e carne moída (algumas delas de cordeiro), dentre variações de sabores. Servido principalmente no café da manhã, também pode ser um prato no almoço, com a possibilidade de devorá-lo com a massa dobrada ao meio, o que faz remeter ao calzone.

Pedaços de pizza fechada cortadas ao meio, com recheios variados

© Unsplash